Procura Passiva de Emprego – É assim que as Empresas te podem Encontrar!

Está feliz no seu trabalho e ainda não pensou em mudar? 

Mesmo que esteja satisfeito com o seu emprego atual, pode fazer sentido deixar o seu emprego se o objetivo é mudar para uma função com salário muito melhor. 

Além disso, devido à pandemia é possível que perca o emprego repentinamente. No cenário atual a melhor maneira de se preparar é procurar passivamente por um emprego. 

Por isso neste artigo, damos-lhe 8 dicas úteis e explicaremos como pode encontrar o emprego dos seus sonhos.

O que é a Procura Ativa de Emprego?

A procura ativa de emprego é realizada por candidatos que precisam e estão à procura de um novo emprego. 

Esses candidatos ativos publicam o seu perfil de candidato em sites de empregos ou nas redes sociais e também se candidatam nas várias empresas de recrutamento concorrendo às vagas anunciadas.

Além disso, os candidatos ativos tentam encontrar potenciais vagas através de contactos profissionais no LinkedIn, feiras de empregos, amigos e conhecidos ou agências de emprego.

Desta forma, eles exploram ativamente todas as opções disponíveis para encontrar um novo emprego.

O que é a Procura Passiva de Emprego?

A procura passiva de emprego é realizada quando não há desejo ou necessidade de um novo emprego. 

Os candidatos passivos estão, portanto, abertos a novas oportunidades de carreira e ao contacto das empresas. Caso a situação atual de trabalho mude ou surja uma oportunidade, os candidatos passivos estão preparados para tudo e são capazes de mudar rapidamente.

Os funcionários que pesquisam passivamente costumam ter perfis em redes sociais como o LinkedIn ou Facebook.

Procura Passiva de um Novo Emprego

Mesmo que esteja feliz no seu trabalho, não deve ter medo de mudar de emprego no caso da situação atual. Se um dia ficar insatisfeito com o seu trabalho ou perder o emprego do nada, é bom estar bem preparado. 

As novas oportunidades só podem surgir se você se apresentar a outros empregadores e empresas com o seu perfil no LinkedIn.

A procura passiva de emprego é, portanto, o melhor pré-requisito para mudanças repentinas de trabalho. Mas como a procura passiva de emprego pode ser melhor implementada?

8 Dicas para a Procura Passiva de Emprego

Não é à toa que dizem ser mais fácil encontrar um novo emprego quando já tem um. 

Segundo informações dos empregadores, os trabalhadores qualificados e já contratados de forma permanente são considerados potenciais candidatos para a sua própria empresa.

A razão é bastante simples: pois um trabalhador que já tem um emprego obviamente possui as habilidades, competências e experiência necessárias para ser um trabalhador qualificado.

Se se candidatar a uma vaga, como um possível candidato a um emprego sem fazer uma procura ativa, podem surgir oportunidades de carreira inimagináveis.  

Leia as nossas oito dicas a seguir para a procura passiva de emprego.

Dica 1: Apresente-se em Sites de Empregos online!

Encontrará anúncios de emprego de diversas ​​empresas de trabalho temporário e é exatamente nestas empresas que pode começar a sua procura passiva de emprego, porque pode concorrer às vagas anunciadas como trabalhador qualificado.

Sites da Internet como o LinkedIn, Randstad, Manpower e EmpregoMais são sites populares para a procura passiva por novas oportunidades de carreira. 

Crie o seu perfil com informações detalhadas sobre a sua formação profissional, experiência, voluntariado, bem como as suas habilidades, competências e certificados. O perfil, portanto, nada mais é do que uma versão online do seu currículo.

Dica 2: Configure Perfis nas Redes Sociais!

Os sites de emprego na Internet são um bom começo para a procura passiva de emprego. No entanto, você não deve subestimar o poder das redes sociais no recrutamento. 

Por este motivo, é aconselhável garantir uma aparência profissional no Facebook ou Twitter. Essas ferramentas oferecem oportunidades perfeitas para fazer um “marketing” pessoal adequado. 

Ao pesquisar passivamente nas redes sociais, tenha em mente os seguintes pontos:

  • Apresente-se de forma autêntica!
  • Junte-se a grupos relevantes de emprego!
  • Use fotos profissionais!
  • Mantenha o seu perfil o mais simples possível!
  • Use o seu nome verdadeiro e completo!

Quanto melhor e mais expressiva for a sua presença online, maior será a hipótese de que os empregadores notem e o sugiram para um cargo na sua empresa.

Dica 3: Crie o seu Próprio Blog!

Ter o seu próprio blog é uma ótima maneira de procurar emprego passivamente. Ao criar o seu próprio blog, não apenas chama a atenção, mas também pode apresentar tópicos que refletem o seu conhecimento especializado no seu setor. 

No entanto, criar um blog que seja encontrado por empregadores requer a escrita regular de artigos no blog.

Dica 4: Olhe para o seu Emprego Atual!

Se já é um funcionário permanente, tem os melhores pré-requisitos para procurar outras vagas internas na empresa atual. Existem oportunidades para avançar ou trabalhar num departamento diferente?

Se for esse o caso e tiver os requisitos e as qualificações necessárias, basta se inscrever para o cargo ou informar o seu chefe de que está interessado.

Também é possível demonstrar o desejo de mudança ou crescimento profissional ao seu chefe. Se ele o valorizar como funcionário, fará o possível para ajudar você a atingir os seus objetivos de carreira.  

Dica 5: Deixe o Emprego dos seus Sonhos Guiá-lo!

Ocasionalmente, reserve um tempo para refletir sobre as suas necessidades e ideias profissionais.  Já trabalha no emprego dos seus sonhos ou quer ganhar uma nova experiência?

A procura passiva de emprego também inclui empresas, lugares no mundo ou posições profissionais nas quais gostaria de trabalhar.  

Com essas medidas simples, poderá chegar um pouco mais perto do emprego dos seus sonhos e, em qualquer caso, terá consciência do que ainda deseja realizar na vida.

Dica 6: Mantenha o Currículo Atualizado!

Se tem o currículo desatualizado e está online, certifique-se de atualizá-lo.

Além disso, certifique-se de não se apresentar ativamente como um candidato a emprego online, pois isso parece um pouco desesperador para os empregadores atuais e potenciais, pois afinal, não quer abordar todos, mas especialmente empresas de qualidade.

Mesmo que o seu currículo esteja apenas adormecido numa pasta na  sua área de trabalho, vale a pena mantê-lo atualizado. A maneira mais fácil de fazer isso é atualizar o seu currículo sempre que mudar de emprego e para uma nova função na sua carreira. 

Caso surja uma oportunidade, também é útil se já tiver uma carta de recomendação pronta e que mostre a sua motivação e as suas qualificações.

Dica 7: Prepare-se para uma Entrevista a Qualquer Momento!

Na procura passiva de emprego, pode acontecer que uma nova oportunidade surja repentinamente e seja convidado para uma entrevista para o emprego dos seus sonhos. 

Por isso, é importante que reserve alguns dias de férias para situações inesperadas, como sejam o de entrevistas para funções para as quais concorreu.

É útil já ter em mente uma roupa adequada para uma entrevista com o novo potencial empregador e ter o seu currículo e uma carta de apresentação, assim como uma carta de recomendação, pois alguns empregadores exigem como parte do processo de candidatura.

Dica 8: Vitamina B – Ative os seus os Contactos Sociais!

Finalmente, os contactos sociais desempenham um papel decisivo na procura passiva de emprego. Isso inclui a vontade de conhecer novas pessoas e consolidar os contactos privados e profissionais existentes.

O ‘networking’ com colegas e estranhos em eventos, feiras de empregos e em seminários ou cursos de formação pode ser uma forma eficaz de encontrar um novo emprego.

Conclusão

Com as nossas oito dicas para a procura passiva de emprego, pode encontrar o emprego dos seus sonhos, sem se inscrever. No entanto, para obter o máximo de sucesso, deve repetir as técnicas apresentadas aqui de forma regular.

A sua rede está a crescer no LinkedIn? O seu currículo está atualizado? Tem uma visão geral do mercado de trabalho atual no seu setor? Com essas e outras perguntas, está bem preparado para, se de repente, começar a procurar ativamente por um emprego.

A procura ativa de emprego só é adequada para quem precisa de um novo emprego. Os métodos de recrutamento mais recentes deram origem à procura passiva de trabalho, adequada a todos os que já têm um trabalho, mas estão abertos a novas oportunidades de carreira. 

Com a coragem necessária para mudar e com as nossas oito dicas, estará preparado para que não perca a oportunidade de ter o emprego dos seus sonhos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe um Comentário