Empreendedorismo vs Empregado

EMPREENDEDORISMO VS EMPREGADO

Com os tempos que decorrem, com o mundo sobrepopulado, com o aumento da emigração devido a discrepância entre países pobres e ricos, a procura de empregos tem aumentado em certos países a oferta por sua vez mais escassa o que leva a muitos a recorrer a alternativas como o empreendedorismo. Afinal se não conseguir um emprego, porque não criar um? Mas nem tudo é fácil e neste artigo resolvemos falar das vantagens do empreendedorismo e de ser um empregado, nos tempos que decorrem principalmente com a pandemia covid-19 ter um emprego em muitos países virou um luxo, mas também abriu portas para outras formas de emprego que iremos abordar aqui. 

Pesquisas apontam que pelo mundo fora existem ronda um pouco mais de nove milhões de microempresários individuais, Segundo a Global Entrepreneurship Monitor ou conhecida com as siglas (GEM) aponta que os países que mais tem empreendedores em todo o mundo são China, Estados Unidos, Reino Unido, Japão e França. O número de empregados que existem pelo mundo fora é impossível de contar, porém é senso comum saber que a maioria é empregado. Mas segundo pesquisas o número de desempregados pelo mundo aponta pelo menos para 190 milhões com a agravante da pandemia que fez subir esse número. Pelo menos 26% de micro empresas mundialmente foram fechadas pela pandemia, isto significa claro também desemprego. Então em uma coisa ambos têm em comum que a crise afeta tanto ao empreendedor quanto ao empregado. 

Uma grande curiosidade é que um dos sectores que mais cresceu na pandemia foi os casinos e casas de apostas, devido aos lockdowns, as pessoas passaram mais tempo em casa e tanto empresas como 22bet login como utilizadores cresceu, pois as pessoas passaram a jogar e a fazer mais apostas para tentar ter um rendimento extra nesta pandemia. 

Mas sem mais delongas, vamos ver quais as vantagens e desvantagens de um empreendedor. A vantagem a destacar é que podemos investir naquilo que mais gostamos, sendo que nem todos conseguem ter o emprego de sonho. Por falar em sonhos, como empreendedor a probabilidade de termos um salário alto e a nossa vida de sonhos é maior, pois não dependemos de um salário fixo mas sim segundo o desenvolvimento da nossa empresa esse será o lucro, existem riscos mas iremos abordar mais a frente. Ser patrão de si mesmo e organizar a sua rotina, isto não significa que não temos de ter disciplina nem horários. Significa que podemos ser nós a organizar isso e não depender a horários impostos pelo seu patrão, por exemplo. Estes são os 3 benefícios dentre muitos que destacamos em ser empreendedor.

Mas e as desvantagens? A primeira “desvantagem” que muitos veem como vantagem também é que tudo depende de si, é bom porém se falharmos não teremos a quem apontar o dedo e isso poderá causar um impacto muito grande financeiro até mesmo ao fechamento da empresa ou do negócio que estamos a gerir. Outro são os impostos, terá que pagar impostos ao governo, muitos contratam um contabilista para tratar desta questão, o risco é grande se não tomarmos a atenção a isto, pois poderá não só levar ao fechamento da empresa mas como multa ou prisão. E o stress, seja empresa grande ou pequena o stress é constante pois lembre-se, tudo depende de si. 

E por último o risco mais elevado é de caso a empresa feche as portas geralmente os empreendedores não têm qualquer direito a apoios financeiros como subsídios do governo por ter ficado “desempregado” afinal é um empreendedor. A lista de riscos é tão grande quanto a lista de benefícios, cabe a cada um ver se realmente vale a pena arriscar. 

Quais as vantagens de ser um empregado? A segurança que nos dá, de saber que todo o final do mês teremos aquele salário correspondente ao nosso trabalho, o contrato que temos com uma empresa não só nos garante que estamos protegidos caso ocorra um erro por parte do empregador mas como que com esse contrato caso a empresa vá a falência poderemos ter um subsídio por parte do governo, o chamado subsídio de desemprego.

O stress e preocupações, sabemos que muitos empregos geram stress, mas o bom é saber que quando termina a nossa hora de expediente, não levamos esse problema connosco já ao contrário do empreendedor, afinal a empresa ou negócio depende dele. Vencimento, recebemos com toda a tranquilidade sem ter que nos preocupar em fazer os descontos, afinal isso cabe a empresa fazer os descontos. Mas assim como o empreendedor também tem os seus riscos e vamos ver isso no parágrafo a seguir. 

Existem muitos pontos aqui a destacar mas mesmo desses pontos a destacar queremos ressaltar os mais importantes. Salário “fixo” muitas são as empresas que o salário é fixo podendo progredir na empresa ou tendo um diploma essas chances também podem aumentar, porém essa questão ficará a mercê do empregador. Horários fixos, esta é a questão que mais afeta o empregado, para além do salário os nossos turnos, férias e horários cabem ao empregador decidir. Despedimento, ficamos também na mão do empregador, caso a empresa tenha reduzir ou mesmo fechar a empresa, apesar de termos acesso ao subsídio de desemprego consoante os meses ou anos de trabalho, a sensação de estar desempregado nunca é boa. Isto significa que teremos de procurar outro emprego novamente sendo da nossa área ou não e voltar a ter que adaptar-se aos novos costumes de cada empresa. Resumindo, nada está nas nossas mãos, apesar de nos oferecer alguma segurança. 

Já deve ter notado que cada lado tem as suas vantagens e desvantagens, não existe uma resposta certa de qual o melhor, isso dependerá de cada pessoa, e quais as expectativas de vida essa pessoa pretende para si individualmente. Este artigo é para o ajudar a decidir qual o rumo tomar caso esteja indeciso qual a opção tomar. 

Assim como a pandemia covid-19 afectou empresas e postos de trabalho em que levou ao fechamento de muitas. Também abriu portas para novas formas de empreendedorismo e de trabalho, hoje nunca se viu tantos trabalhos remotos como empresas criadas virtualmente sem terem um espaço físico. Este é o último ponto que gostaríamos de destacar como igualdade que ambos têm.