Como mudar de emprego aos 50: dicas incríveis

Escrito por:

Tiago Cardoso
Como mudar de emprego aos 50

A ideia de mudar de carreira pode ser assustadora, especialmente quando temos mais de 50 anos. Pode ter passado uma parte significativa dos seus anos de trabalho a construir a sua carreira atual e pode ter muitas razões para não querer recomeçar. No entanto, pode haver um sentimento interior que lhe diz que está na altura de mudar.

Este guia ajudá-lo-á a navegar com sucesso no processo de mudança de carreiras aos 50 anos e no planeamento da carreira que isso implica. Mudar de carreira pode vir com riscos potenciais, mas com a abordagem e orientação certas, pode ser feito de forma confiante!

Por que mudar de carreira aos 50?

Se estiver a ler isto, é provável que tenha considerado a ideia de mudar de carreira, mas pode ser incerto se é a jogada certa para si. Ao avaliar algumas das razões mais comuns para as pessoas mudarem de carreira, poderá querer compreender melhor porque é que pode ser uma boa decisão para si:

Dicas para mudar de carreira aos 50 anos

1. Não adie

É importante não deixar que dúvidas, medos e ansiedades o atrasem quando se considera uma mudança de carreira. O mercado de trabalho está em constante crescimento e há muitas oportunidades disponíveis. É melhor agir e concentrar-se nos aspetos positivos de uma mudança de carreira em vez de perder mais tempo num emprego que o está a tornar miserável.

Empresas e carreiras bem-sucedidas foram iniciadas por pessoas de todas as idades, por isso não deixe que a idade seja uma desculpa para não tomar medidas. Lembre-se de que outros conseguiram realizar os seus sonhos e você também pode, dando agora o primeiro passo.

2. Estabeleça objetivos poderosos

Agora que assumiu o controlo da sua mudança de carreira, é essencial estabelecer objetivos claros e ambiciosos para si próprio. Não tenha medo de sonhar em grande e identificar o que realmente quer fazer na sua carreira. Escreva as suas ideias, mesmo que possam parecer irrealistas ou inalcançáveis no momento. O seu plano de carreira personalizado não se deve limitar, mas sim alcançar as estrelas e perseguir o que sempre desejou.

A razão pela qual está a fazer uma mudança de carreira é para alinhar o seu trabalho com a sua paixão, por isso certifique-se de que os seus objetivos também estão alinhados com isso.

3. Selecione a sua nova direção e reescreva a sua marca

Depois de ter percorrido as etapas anteriores, é altura de avançar na seleção de uma nova carreira. É importante levar o seu tempo a tomar esta decisão, pois ela tem um impacto significativo no seu futuro. Consoante a sua profissão anterior, poderá ser necessário reescrever a sua marca para se alinhar com o seu novo percurso profissional. A actualização dos seus perfis online, como o LinkedIn, com as suas competências transferíveis e informação relevante é crucial, uma vez que os recrutadores verificam frequentemente estes perfis.

É essencial desenvolver uma estratégia de procura de emprego que funcione melhor para si, em vez de copiar a abordagem de outra pessoa. Considere procurar orientação de alguém que possa ajudar a criar uma estratégia personalizada que se alinhe com a sua carreira e objetivos de procura de emprego.

4. Faça formação complementar

Para aumentar as suas hipóteses de sucesso na sua nova carreira, considere a possibilidade de aprofundar a sua formação ou obter certificações relevantes para o campo. Isto demonstra aos potenciais empregadores a sua vontade de aprender e crescer, e pode dar-lhe uma vantagem no mercado de trabalho.

Além disso, continuar a educar-se e a manter-se informado pode também ajudá-lo a iniciar um novo negócio. Ao manter-se aberto a novas oportunidades de aprendizagem e crescimento, pode aumentar as suas hipóteses de sucesso na sua nova carreira.

5. Utilize conexões

A utilização das suas conexões existentes (as famosas cunhas) pode ser um bem valioso na sua viagem de mudança de carreira. Não hesite em contactar a sua rede e informá-los sobre o seu novo percurso profissional. Além disso, se não tiver as ligações de que sente necessidade, faça um esforço para estabelecer novas ligações no seu campo desejado. O trabalho em rede pode ser demorado, mas é um investimento que vale a pena a longo prazo.

6. Seja confiante

Mudar de carreira pode ser uma decisão difícil, mas não deixe que isso o desencoraje de procurar um emprego que lhe traga alegria e um melhor equilíbrio trabalho-vida. Acredite na sua capacidade de transferir as suas competências da sua carreira anterior e adquirir novas competências na sua nova área. Lembre-se que tomou as medidas necessárias para fazer esta mudança e tenha fé na sua decisão de iniciar um novo capítulo na sua vida profissional.

Pensamentos Finais

Esperamos que este guia tenha tornado o processo de mudança de carreiras a 50 mais controlável. Lembre-se que o sucesso da sua carreira deve ser medido por fatores como a satisfação profissional, o equilíbrio na sua vida pessoal, a redução do stress, e a capacidade de perseguir as suas paixões diariamente!