Candidatar a um emprego: um guia completo - Emprego Mais

Candidatar a um emprego: um guia completo

Se encontrou um emprego em que está interessado, muito provavelmente terá de enviar uma candidatura para poder ser considerado como candidato ao cargo. Mas o que é exatamente uma candidatura a um emprego e, mais importante ainda, como pode ter a certeza de que a sua candidatura se destaca dos outros concorrentes?

Este artigo fornecer-lhe-á a informação de que necessita para compreender isso tudo. Ajudá-lo-á a aumentar as suas hipóteses de sucesso na sua procura de emprego, fornecendo-lhe dicas e orientação sobre como se candidatar eficazmente a um emprego que lhe interesse.

O que é uma candidatura a emprego?

Uma candidatura a um emprego é um formulário que os empregadores utilizam para avaliar potenciais candidatos a uma função dentro da sua organização. Como primeiro ponto de contato entre a empresa e o candidato, é importante causar uma forte impressão na candidatura e mostrar as suas qualificações para o cargo.

As candidaturas de emprego podem ser apresentadas em papel ou em formato electrónico, sendo que a maioria das empresas aceitam agora candidaturas através do seu website ou por correio electrónico.

O conteúdo e o formato das candidaturas a emprego podem variar dependendo da empresa e do cargo, mas geralmente, solicitarão o seu histórico profissional, formação e informações de contato, e podem também requerer uma carta de apresentação e um currículo.

Onde procurar emprego

A Internet tornou-se a principal fonte de procura de emprego, com portais de emprego e redes sociais como o LinkedIn a serem formas altamente eficazes de encontrar oportunidades de emprego.

No entanto, é importante não limitar a sua pesquisa a estas plataformas populares, uma vez que nem todas as empresas anunciam as suas vagas de emprego no exterior. Verificar os websites de empresas que lhe interessam e chegar à sua rede para aprender sobre potenciais oportunidades de emprego também podem ser benéficos.

Além disso, é importante não ignorar o mercado de emprego oculto, que se refere a vagas de emprego que não são anunciadas publicamente. De acordo com um relatório da Jobvite, quase 50% dos candidatos a emprego sabem sobre oportunidades de empregos através do “boca a boca”, pelo que o networking com pessoas do seu círculo pessoal e profissional também pode ser útil na procura de oportunidades.

Quando candidatar-se a empregos

Certos meses do ano podem ser mais favoráveis para os que procuram emprego devido a empresas que fazem mais contratações durante esses períodos. Por exemplo, Janeiro, Fevereiro, Setembro, e Outubro tendem a ter um aumento das vagas de emprego. Além disso, pesquisas indicam que terça-feira é o dia mais comum para as empresas colocarem ofertas de emprego e as 11 da manhã é a altura mais comum.

Ter isto em mente pode ajudá-lo a candidatar-se rapidamente quando um emprego é anunciado. É também importante notar que algumas empresas revêm e contratam numa base contínua, pelo que esperar para se candidatar pode diminuir as suas hipóteses de ser selecionado para a função.

Como candidatar-se a um emprego

Agora que tem uma compreensão do que é uma candidatura a emprego, e os melhores locais e horários para se candidatar, passemos ao processo de candidatura. Aqui estão cinco passos que pode seguir para garantir que a sua candidatura a um emprego é eficaz:

1º Passo: Procurar por empregos

A fim de iniciar o processo de candidatura a um emprego, o primeiro passo é procurar oportunidades que correspondam às suas competências e interesses. É importante ter em conta a sua experiência, pontos fortes e interesses, bem como a disponibilidade de emprego no mercado.

Além disso, é importante considerar se um emprego está localizado numa região onde está disposto a deslocalizar-se ou a trabalhar remotamente, pois isto ajudará a restringir a sua procura a empregos que estão disponíveis em áreas que está disposto a viver.

2º Passo: Pesquisar empresas

Depois de identificar as vagas de emprego que se alinham com as suas competências e interesses, é importante pesquisar as empresas para determinar se são um bom ajuste para si. Isto pode ser feito através da revisão do website da empresa e da procura de artigos noticiosos recentes.

Além disso, pesquisar a empresa pode ajudá-lo a adaptar a sua carta de apresentação e aumentar as suas hipóteses de causar boa impressão, destacando como as suas competências se alinham com os valores, cultura e produtos da empresa.

3º Passo: Elaborar um currículo vencedor

Um currículo atualizado e bem elaborado é um aspeto crucial para se destacar de outros candidatos à oferta. Como tal, a atualização e otimização do seu currículo é um passo importante no processo de candidatura a um emprego.

O formato do seu currículo deve ser adequado ao seu nível e área de carreira, por exemplo, se for um recém-formado com pouca experiência de trabalho, pode ser mais eficaz enfatizar a sua formação, enquanto que um profissional experiente deve destacar o seu historial profissional.

Ao escrever o seu currículo, considere incluir informação relevante, como trabalhos de curso, certificações, realizações, funções voluntárias, etc. No entanto, é importante ser estratégico e não incluir demasiada informação que não seja relevante para o cargo. Isto ajudará a impressionar o gestor contratado e aumentará as suas hipóteses de ser contratado.

4º Passo: Escrever uma carta de apresentação à medida

Escrever uma carta de apresentação adaptada a cada trabalho pode ser demorado, mas é um passo essencial que ajudará a sua candidatura a destacar-se. Os empregadores podem facilmente detetar cartas de apresentação genéricas que tenham sido enviadas a vários empregadores, pelo que é importante dedicar tempo a criar uma carta única para cada candidatura.

Em vez de repetir a informação no seu currículo, use a sua carta de apresentação como uma oportunidade para mostrar a sua personalidade e como se alinha com a função específica. Realce as suas realizações, exprima a sua paixão pela indústria ou empresa, e forneça mais contexto sobre si como candidato, para criar uma imagem mais completa de quem você é.

5º Passo: Enviar a candidatura

Ao candidatar-se a empregos online, poderá ser-lhe solicitado que introduza informações sobre o seu histórico de trabalho e educação no sistema da candidatura, além de submeter o seu currículo e carta de apresentação. Para assegurar que a sua candidatura não seja ignorada pelo sistema de acompanhamento de candidatos do empregador, é importante introduzir a sua experiência de forma exaustiva.

A menos que seja especificamente instruído a não incluir uma carta de apresentação, é sempre uma boa ideia apresentar uma carta de apresentação à medida juntamente com a sua candidatura. Algumas empresas podem também exigir documentos de candidatura adicionais, tais como provas de qualificações, pelo que é importante ler atentamente as instruções e não ignorar quaisquer documentos exigidos.

Quando dar seguimento a uma candidatura de emprego

Uma orientação geral é o seguimento de uma candidatura a um emprego duas semanas após a sua candidatura. Este prazo é apropriado, pois mostra entusiasmo pelo papel sem se mostrar insistente ou impaciente.

Além disso, alguns candidatos a emprego escolhem enviar uma mensagem ao recrutador ou gerente de contratação no LinkedIn diretamente após a candidatura, como forma de chamar a atenção para a sua candidatura e perfil no LinkedIn, o que pode ser eficaz para mostrar iniciativa e reiterar o seu entusiasmo pelo papel.

Conclusão

O processo de candidatura a um emprego pode ser um desafio, especialmente para os recém-formados ou para aqueles que procuram mudar de carreira. Para aumentar as suas hipóteses de sucesso, é importante fazê-lo:

  • Utilizar a sua rede para aprender sobre as oportunidades de emprego através do boca a boca.
  • Personalizar a sua carta de apresentação para cada candidatura a emprego para mostrar que pesquisou a empresa e que está entusiasmado com o papel.
  • Rever cuidadosamente todos os documentos de candidatura para evitar erros.
  • Realçar os seus pontos fortes e realizações no seu currículo e carta de apresentação para se destacar do concurso.
  • Acompanhar a sua candidatura cerca de duas semanas após a sua apresentação para demonstrar o seu interesse continuado no papel.

Mantendo estas dicas em mente, estará bem encaminhado para escrever candidaturas de emprego eficazes que captem a atenção dos gestores contratados.